- Publicidade -
Política

TJPB pede pauta para julgar prefeito Berg Lima no caso do ‘dinheiro na cueca’

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) pediu pauta para julgar recurso do prefeito de Bayeux, Berg Lima, no episódio que ficou conhecido como caso do ‘dinheiro na cueca’, do qual o gestor foi condenado por improbidade administrativa.

- Continua depois da publicidade -

Dentro dos próximos dias, a 3ª Câmara Cível deve determinar qual será o destino de Berg Lima, que foi preso em julho de 2017pelo, promotor Octávio Paulo Neto, coordenador do Gaeco, com os R$ 3,5 mil recebidos, a título de propina, do empresário José Paulino, no Restaurante Sal e Brasa.

Berg Lima já havia sido condenado pelo juiz Francisco Antunes em primeira instância e, após audiência de custódia, foi mandado à prisão pelo juiz Aluísio Bezerra, o mesmo que hoje responde pelo gabinete do relator do processo no TJPB, o desembargador Marcos Cavalcanti.

Além do processo cível, o prefeito de Bayeux ainda responde criminalmente pelo caso, e responde a outra ação, fruto de denúncia do Ministério Público da Paraíba (MPPB), que pede seu afastamento pela locação de veículos fantasmas. Esse último caso se encontra sob a relatoria do desembargador Ricardo Vital, o  mesmo da operação Calvário.

Repercussão nacional

Ao ser preso em flagrante pelo Gaeco com dinheiro na cueca dentro de um envelope amarelo, Berg Lima ganhou as manchetes nacionais na televisão, sites e jornais. Ele governa a cidade Bayeux amparando em uma liminar e deve ter seus dias como prefeito encerrado a qualquer momento.

Reveja vídeo abaixo

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar