Terceira rodada do quadrangular da morte tem duelos de líderes e de desesperados

Líderes do quadrangular da morte do Campeonato Paraibano com quatro pontos em dois jogos, Atlético e Nacional de Patos fazem o principal da terceira rodada, nesta quarta-feira (14), às 20h30, no estádio Perpetão, em Cajazeiras. Quem vencer a partida dará um grande passo para se manter na elite em 2018.

Para o confronto sertanejo, o Atlético terá algumas baixas. O zagueiro Márcio e os volantes Dalton e Keven seguem fora do time tratando de suas respectivas lesões. O técnico Ederson Araújo espera um confronto difícil, mas confia na vitória de sua equipe diante do Nacional.

– A expectativa é muito boa para o confronto. A equipe está com uma confiança maior, mas também sabemos que vamos enfrentar uma grande equipe, que no primeiro turno fez 19 pontos e também vem de vitória. Se nós sairmos com o triunfo vamos dar um passo muito importante para a permanência da Primeira Divisão – falou o técnico.

O técnico confirmou que mandará a campo o mesmo time que venceu a Desportiva Guarabira por 2 a 1. Assim, o Atlético deve começar o jogo com: Gerson, Vicente, Saulo, Renan e Walter; Jefferson, Romerito, Alan e Gustavo Rato; Alef e Edson Pitbull.

Vindo de vitória contra o Auto Esporte, o Nacional de Patos pode ter um retorno importante na partida desta quarta-feira (14). O atacante Lúcio Curió, artilheiro do time na competição, com quatro gols, está recuperado de contusão e pode ser a novidade na equipe comandada por Marcos Nascimento.

Desportiva Guarabira x Auto Esporte

No estádio Silvio Porto, em Guarabira, acontece o duelo dos desesperados Desportiva e Auto Esporte, que ainda não venceram no quadrangular da morte, e precisam dos três pontos a qualquer custo para ainda sonhar com a permanência na elite do futebol paraibano. A partida começa às 20h30.

Sem vencer um jogo sequer desde o início do estadual, o Auto Esporte busca forças para conseguir um triunfo fora de casa e mostrar o mínimo de reação. Mas a maré é tão desfavorável que no quadrangular da morte o time sofreu gols nos fins dos jogos contra Atlético de Cajazeiras e Nacional de Patos que deixaram escapar quatro pontos, já que ele vencia o Trovão e empatava fora de casa contra o Canário.

A situação da Desportiva não é muito melhor. Sem vencer nos últimos dez jogos, a equipe do brejo conta com a força de seu torcedor para lutar para evitar o retorno para a segunda divisão estadual. O técnico Luciano Silva trata a partida de logo mais como uma decisão, e quer foco total de seus jogadores.

Voz da Torcida.

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]