Tentativa de furto de energia em CG causou apagão que afetou 70 mil pessoas

A Energisa confirmou que o problema técnico que resultou na falta de energia elétrica que aconteceu em Campina Grande, na manhã desta quarta-feira (31), foi causado pela invasão de um adolescente, de 16 anos, a uma subestação da concessionária de energia. O rapaz foi eletrocutado e o estado de saúde dele é grave.

O suspeito sofreu um choque com alta voltagem dentro da subestação Campina Grande I. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Publicidade
ALPB

Segundo a assessoria de comunicação da unidade hospitalar, o estado de saúde do adolescente é grave. Ele teve 90% do corpo ferido, principalmente, por queimaduras de 3º grau.

A liberação da carga elétrica comprometeu o fornecimento de energia e deixou 70 mil clientes sem luz. O serviço foi restabelecido, gradativamente, entre as 10h56 e as 11h28.

‘Apagão’ é registrado em Campina Grande

Um “apagão” de energia elétrica foi registrado na manhã desta quarta-feira (31) em Campina Grande. De acordo com a Energisa, houve um problema técnico que atingiu as subestações dos bairros Alto branco e Bela vista, ocasionando a interrupção do abastecimento de energia na cidade para cerca de 70 mil pessoas. Com G1/PB.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]