Temer se aproxima de 100% de rejeição, aponta nova pesquisa

A nova edição da pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, divulgada nesta quarta-feira (20), mostra que Michel Temer (MDB) bateu mais um recorde e já se aproxima dos 100% de rejeição entre os brasileiro. No levantamento, o presidente da República é reprovado por 97% dos brasileiros.

Em uma demonstração clara da rejeição ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), todos os presidenciáveis alinhados a Temer também sofrem com altas taxas de reprovação: o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), tem 72% de rejeição, enquanto o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), amarga 73% e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), tem 72%.

Enquanto isso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), líder absoluto em todos os cenários de intenção de voto, teve seu sexto mês seguido de melhora na avaliação, chegando a 45% de aprovação. O petista também é o presidenciável com a menor rejeição entre os brasileiros. As informações são do Brasil 247.

Comente