TCE emite alertas para 39 prefeituras sobre prestação de contas da Covid-19

Foram identificadas ausências de registros e informações que justifiquem os gastos públicos referentes as ações de combate à pandemia

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) emitiu 42 alertas direcionados as prefeituras de 39 municípios do estado nos últimos cinco dias. O Tribunal identificou a ausência de registros e informações que justifiquem a efetivação de gastos públicos referentes as ações desenvolvidas para o enfrentamento da covid-19, como é exigido por lei.

Os alertas apontam que os municípios não têm cumprido a Resolução Normativa (RN), que se trata à atualização das informações diárias no Acompanhamento de Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres) sobre as despesas relacionadas ao combate a pandemia, que se dá pelo registro das licitações, contratos e obtenção de serviços no Portal da Transparência Fiscal.

O Tribunal recomenda que os sites das prefeituras divulguem informações sobre as medidas adotas em relação a doença e, principalmente, no que se refere ao decreto de calamidade pública, para informar à população sobre a situação nos municípios, além de garantir fácil acesso aos gastos relacionados a saúde pública.

Os alertas solicitam correções na realização das transferências financeiras do Governo Federal no que diz respeito a organização de campanhas no combate a covid-19. Dessa forma, é possível evitar resultados que comprometam a gestão orçamentária, financeira e patrimonial.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado na terça-feira (05) pela Secretaria de Saúde (SES-PB), o estado apresenta 85 óbitos entre 1.361 mil casos confirmados espalhados em 70 municípios do estado.

Dentre os municípios que receberam alertas do TCE-PB está incluso Cacimbas, Campina Grande, Catingueira, Imaculada, Ingá, Juazeirinho, Lagoa Seca, Livramento, Malta, Massaranduba, Pedra Lavrada, Pocinhos, Vista Serrana e Várzea Nova.

Comente