- Publicidade -
Política

Tatiana Lundgren teria usado laranjas para comprar pousada em Conde e MPPB investigará

Ex-prefeita está sob suspeita de ter cometido improbidade administrativa e lavagem de dinheiro; Promotoria de Conde instaurou inquérito

Possível improbidade administrativa, através de enriquecimento ilícito, e lavagem de dinheiro. Esses são os novos supostos crimes cometidos pela ex-prefeita de Conde, Tatiana Lundgren, que serão alvos de inquérito civil por parte do Ministério Público da Paraíba (MPPB). A portaria foi publicada nesta segunda-feira (16) e está assinada pela promotora Cassiana Mendes de Sá.

- Continua depois da publicidade -

Os possíveis crimes são referentes a aquisição da Pousada Olho D’Água, no Loteamento Village Jacumã, que pertenceria a Tatiana, mas foi registrada no nome de supostos laranjas. O MPPB cita que a sucessão de transmissão do imóvel, registrado na certidão de inteiro teor, indica que Tatiana nunca figurou na cadeia dominial do bem.

Os atuais proprietários do empreendimento também declararam que nunca trataram de negócios com a ex-gestora, porém ouviam dizer que a antiga pousada lhe pertencia.

Uso de laranjas

De acordo com a promotora, a denúncia anônima diz que a ex-prefeita usou laranjas para adquirir o estabelecimento, bem como citava contratos de aluguel superfaturado.

O processo foi remetido à Promotoria de Conde após declínio de competência do Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba. A promotora Cassiana informou que os autos do MPF, mais de 270 páginas, também cita que houve “aquisição mediante uso de laranjas”.

Cassiana agendou uma audiência para ouvir pessoas envolvidas com o imóvel, inclusive uma corretora de imóveis.

Caso seja confirmado o ato de improbidade administrativa, isso pode acarretar na suspensão dos direitos políticos Tatiana Lundgren, além da perda da função pública – caso estivesse em algum cargo -, a indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário, na forma e gradação previstas em lei, sem prejuízo da ação penal cabível.

Confira documento

001.2017.010456-4939_2017-Portaria_despacho de instauração-2019-0000948750

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar