‘Tá na Mesa’ chega a Mataraca; município é o 86º contemplado com o programa na PB

Por meio de Projeto de Lei enviado e aprovado pela ALPB, o programa foi ampliado para cidades com população acima de oito mil habitantes

Mataraca, situado no Litoral Norte do Estado, é o 86º município cuja população passa a contar com o Programa Tá na Mesa, com refeições fornecidas, diariamente, ao preço de R$ 1,00. O secretário de Estado de Desenvolvimento Humano, Tibério Limeira, implantou oficialmente, nesta sexta-feira (22), o programa, que chegará a outras 10 cidades nos próximos dias.

Criado em caráter emergencial com o objetivo de promover assistência alimentar aos segmentos mais vulneráveis da população, o programa Tá na Mesa atende os municípios que não possuem Restaurante Popular, sendo responsável pelo fornecimento de 23.700 refeições diárias, ao preço de R$ 1,00. Um investimento do tesouro estadual que tem mudado a vida dos beneficiários do programa e dos pequenos empresários que fornecem as refeições.

O secretário Tibério Limeira esteve na cidade de Mataraca para a implantação do polo do Programa Tá na Mesa, o terceiro município dos 13 que foram contemplados nessa primeira fase de ampliação. “É com satisfação que estamos em Mataraca para entregar aos moradores o Tá na Mesa. Esse programa que fornecerá, de segunda a sexta, 200 refeições diárias ao preço simbólico de R$ 1,00, e o Governo do Estado paga o restante do valor, garantindo assim comida de qualidade na mesa de quem mais precisa. Essa é mais uma ação do governador João Azevêdo, e fico feliz em representar um Governo que se preocupa com os paraibanos e paraibanas que estão em situação maior de vulnerabilidade em decorrência da pandemia. Espero que todos façam bom uso desse programa que não tem data para acabar”, afirmou Tibério.

O prefeito de Mataraca, Egberto Madruga, ao agradecer pela implantação do programa Tá na Mesa, ressaltou a parceria com o Governo do Estado. “Um programa desses, quando aliado a outros programas, só tem a melhorar e atender bem a população. Nosso município é parceiro e estamos aqui para ajudar em tudo que for necessário”, afirmou o prefeito.

A dona de casa Marilene Arruda Bezerra (40), mãe de um filho, falou da importância do programa: “Esse programa Tá na Mesa é importante porque tem gente que não tem condição de comprar um alimento, e para aqueles que mesmo tendo condição é também muito bom, ajuda muito”.

O empresário Cristino Dutra, cujo restaurante foi credenciado pelo Programa Tá na Mesa na cidade de Mataraca, destacou o apoio do Governo do Estado, especialmente neste momento pós-pandemia. “Um programa de suma importância nesse momento de pós-pandemia, de grandes dificuldades e desafios, com a alta da inflação e vulnerabilidade empresarial, e o Governo do Estado vem dando esse suporte, esse apoio para que os empreendimentos possam seguir em frente e somando nesse programa”, afirmou o empresário.

A solenidade contou ainda com as presenças do deputado federal Gervásio Maia e deputado estadual Tião Gomes.

Ampliação do Programa Tá na Mesa – Por meio de Projeto de Lei enviado e aprovado pela Assembleia Legislativa, o Programa Tá na Mesa foi ampliado para municípios com população acima de oito mil habitantes. O projeto aprovado teve o objetivo de garantir segurança alimentar, fomento às economias locais, e contempla mais 13 municípios do estado.

O Tá na Mesa irá distribuir 200 refeições nos municípios que têm população entre 8 até 10 mil habitantes; 250 almoços diários nas cidades que possuem entre 10 e 20 mil habitantes; e 400 refeições em municípios acima de 20 mil habitantes, assegurando o fornecimento de 565.400 almoços por mês.

Com o projeto aprovado, além dos últimos municípios que já iniciaram esta semana –  Marcação, Baía da Traição e Mataraca –, serão beneficiados com o Tá na Mesa: Mulungu, Umbuzeiro, Juru, Triunfo, Riacho dos Cavalos, Aparecida, Barra de Santana, Desterro, Gado Bravo e Juarez Távora.