Suspeito por ataque no metrô de Nova York é detido pela polícia

A polícia de Nova York prendeu nesta quarta-feira (13) Frank James, de 62 anos, suspeito pelo ataque dentro de uma estação de metrô na véspera, disse o prefeito da cidade, Eric Adams.

“Meus caros nova-iorquinos: nós o pegamos”, disse Adams em um pronunciamento em vídeo, já que não pode participar de encontros públicos desde que contraiu a Covid-19.

James é apontado como responsável por ter detonado duas bombas de fumaça e atirado contra passageiros em uma estação do Brooklyn. Pelo menos 23 pessoas ficaram feridas.

A comissária de polícia, Keechant Sewell, disse em entrevista coletiva que o suspeito foi detido após uma operação em Manhattan – uma das cinco principais regiões da cidade.

“Esperamos que essa prisão traga segurança para a população de Nova York”, disse Sewell.

Segundo a comissária, a prisão só foi possível porque uma denúncia anônima foi feita ao serviço de polícia da cidade.

Imagem de Frank James divulgada pela polícia de Nova York — Foto: Twitter/NYPD

Imagem de Frank James divulgada pela polícia de Nova York — Foto: Twitter/NYPD

A polícia identificou James após uma chave de uma van, alugada por ele, ter sido encontrada no local do tiroteio, – o que levou a maiores investigações que mostraram sua ligação com o ataque.

Imagens de câmeras de segurança mostraram James deixando a estação. A foto foi compartilhada pelas autoridades americanas.

Uma gravação divulgada pela emissora WNBC mostra o momento em que James entra em uma estação de metrô, usando colete laranja e máscara, minutos antes do ataque.

James tem passagem pela polícia e já foi preso ao menos outras nove vezes desde 1998, segundo as autoridades americanas.

O ataque ocorreu na terça (12) quando um trem do metrô com destino a Manhattan estava parando em uma estação em Sunset Park, no Brooklyn. Dez pessoas foram atingidas diretamente por tiros, incluindo cinco hospitalizadas em estado grave, mas estável.

Do g1.