Suspeito de participar de ataques no RN é preso em Campina Grande

A Polícia Civil da Paraíba prendeu em Campina Grande, neste domingo (18) um homem de 22 anos, foragido da Justiça do Rio Grande do Norte. O suspeito é integrante de uma facção criminosa responsável por ataques violentos em várias cidades potiguares e é considerado uma “peça-chave” do grupo no interior do estado. Ele foi encontrado na posse de coquetéis molotov.

A prisão foi realizada pela Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) no bairro Santa Rosa, em Campina Grande. O homem tinha mandados de prisão expedidos desde 2020 pela Justiça do Rio Grande do Norte por homicídio e crime de receptação. Ele é natural da cidade de Parelhas e estava acompanhado de uma adolescente, com quem foram encontradas porções de maconha e cocaína.

Segundo o delegado Diego Beltrão, a Draco está concentrando esforços nos desdobramentos dos ataques ocorridos no Rio Grande do Norte nos últimos meses. “Como todos sabem, esses ataques não ocorrem apenas na capital do Rio Grande do Norte, mas em vários municípios do interior. E esse sujeito preso hoje era um dos responsáveis por atos terroristas naquela área do estado, conforme nossos levantamentos”, destacou Beltrão.

O casal vai responder por tráfico de drogas e pela posse de material explosivo/incendiário, sendo a adolescente na condição de ato infracional equivalente aos crimes. O homem preso é investigado também por vários homicídios no estado vizinho.