Suspeito de matar secretário de esportes no interior da PB é preso no CE

Conforme a Polícia Civil, o suspeito, preso na cidade de Pereiro, já tinha três mandados expedidos contra ele

O suspeito de matar o secretário de esportes da cidade de Emas, na Paraíba, foi preso nesta terça-feira (3), na cidade de Pereiro, no estado do Ceará. Alessandro Germinio Leite foi morto a tiros nesta segunda-feira (2), na cidade de Patos, Sertão paraibano, cerca de 60km de distância da cidade de Emas. Segundo a Polícia Civil, a prisão foi feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o suspeito, de 40 anos, já tinha três mandados expedidos contra ele, um deles por outro homicídio, que teria sido cometido por inimizade com a vítima, por desavenças geradas por dívidas.

Em relação à morte do secretário Alessandro Germinio, a polícia ainda investiga as motivações do crime, que aconteceu no fim da manhã da segunda-feira (2), quando a vítima foi baleada dentro de um carro enquanto aguardava em um semáforo.

Imagens de circuito de segurança capturaram a ação criminosa, e é possível observar quando um motociclista se aproxima do veículo e, logo que chega próximo ao carro, realiza o movimento de sacar uma arma de fogo da cintura. Quando fica lado a lado com o motorista, o suspeito efetua os disparos.

O homem dispara, pelos menos, 10 vezes, guarda a arma na cintura e foge. Com os tiros, a mulher que estava no banco de passageiro saiu do veículo e caiu na calçada. A ação dura menos de 20 segundos.

A Prefeitura de Emas decretou luto oficial de três dias e lamentou a morte do secretário. Alessandro Germinio Leite também já foi secretário de Infraestrutura do município.

A Polícia Civil aguarda a transferência do suspeito para o Sertão paraibano.

Do g1