Suspeito de atuar ilegalmente como professor de Educação Física é preso em Cabedelo

Segundo a equipe de fiscalização, no momento da abordagem, o falso profissional estava atendendo alunos em um condomínio no bairro de Intermares

O Conselho Regional de Educação Física da Paraíba (CREF10/PB) recebeu denúncia anônima e flagrou, nesta sexta-feira (20), um homem, de 34 anos, atuando ilegalmente como profissional da área. Segundo a equipe de fiscalização, no momento da abordagem, o falso profissional estava atendendo alunos em um condomínio no bairro de Intermares, em Cabedelo. O delegado Gustavo Carletto, da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, participava da ação e deu voz de prisão em flagrante ao acusado, que foi conduzido à delegacia.

“Pelo que apuramos, o homem é do estado de Alagoas e estava atuando na Paraíba há algum tempo. Já estávamos monitorando as atividades dele e, nesta sexta-feira, conseguimos lograr êxito na ação, junto com a Polícia”, declarou o presidente do CREF10, Paulo Ferreira. “É importante ressaltar que buscamos sempre valorizar a profissão e não admitimos qualquer atitude de pessoas que querem desqualificar a nossa classe”, complementou. O acusado deve responder pelo exercício ilegal da profissão e por falsificação de documento.

O Conselho de Educação Física disponibiliza alguns canais de comunicação para denúncias sobre o exercício ilegal da profissão. As denúncias podem ser feitas pelo site www.cref10.org.br ou pelo Telefone: 83 98832-0237 (WhatsApp).