Suplentes do concurso da PM são convocados para pré-matrícula, na Paraíba

Convocação para início do curso será em janeiro, conforme João Azevêdo, e os candidatos serão chamados para atuar nas três regiões do Estado

O Governo da Paraíba publicou, nesta quinta-feira (26), a lista de 244 aprovados no concurso da Polícia Militar do Estado realizado em 2018. O ato está publicado no Diário Oficial de hoje. No total, serão 223 da PM e 11 que irão reforçar o Corpo de Bombeiros Militar.

As pré-matrículas dos convocados devem ser realizadas nos dias 9, 10 e 11 de dezembro. A apresentação foi dividida em dias e turnos diferentes para evitar aglomerações.

A entrada dos candidatos no Centro de Educação da Polícia Militar, para quem foi convocado para a PM, e Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros para os convocados da Instituição só será permitida com uso de máscaras, sendo atendidos todos os protocolos de saúde necessários. Os convocados também devem levar sua própria caneta, na cor azul ou preta e a documentação solicitada, que pode ser consultado no final da matéria.

De acordo com o governador do Estado, João Azevêdo (Cidadania), a convocação para início do curso será em janeiro e os candidatos serão chamados para atuar nas três regiões da Paraíba, isso logo após a entrega dos documentos.

O certame aprovou 466 novos soldados, 450 policiais militares estão em formação e nesta quinta, mais 233 policiais militares foram convocados. No total, são 1.149 novos policiais na PM.

Documentos necessários

  • Original da cédula de identidade, do CPF e do Pis/Pasep, assim como cópias autenticadas dos mesmos; duas fotos 3×4 coloridas recentes (descoberto e de frente);
  • Original da certidão de nascimento ou de casamento, conforme o caso, assim como cópias autenticadas dos mesmos;
  • Original do título de eleitor e do comprovante de que está em dia com as obrigações eleitorais, assim como cópias autenticadas dos mesmos;
  • Original do documento comprobatório de quitação com o serviço militar, exceto para candidatos do sexo feminino;
  • Original do certificado de conclusão do ensino médio (2º grau), ou equivalente, e histórico escolar, assim como cópias autenticadas dos mesmos;
  • Atestado de bons antecedentes, fornecido pela secretaria de estado da segurança e da defesa social (Seds), ou declaração de conduta, se se tratar de militar das forças armadas ou de outras PMs;
  • Certidão criminal, fornecida pela justiça estadual, referente aos últimos 5 anos, expedida no máximo, há 30 dias;
  • Certidão criminal, fornecida pela justiça federal, referente aos últimos 5 anos, expedida no máximo, há 30 dias;
  • Atestado de boa conduta fornecido pelo estabelecimento de ensino em que estuda ou estudou o ensino médio ou equivalente.