Publicidade

STJD reduz pena do Campinense, após julgar recurso

O Campinense continua frequentando o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mesmo após encerrar sua participação na Série D do Brasileiro. Nesta sexta-feira (26), o clube teve pena reduzida pelo Pleno após julgar o recurso impetrado pela diretoria, por conta de confusão entre as torcidas no jogo contra o Central, no Estádio Lacerdão, em Caruaru, ainda na rodada de estreia na quarta divisão nacional.

- Continua depois da publicidade -

O clube rubro-negro havia sido punido com o pagamento de multa no valor de R$ 20 mil e dois jogos com portões fechados. Na decisão desta sexta-feira, que foi tomado pelo tribunal pleno do STJD, essa pena foi reduzida para R$ 15 mil e apenas um jogo com portões fechados, que deve ser cumprido pela agremiação na Copa do Nordeste ou Copa do Brasil de 2015. Esta semana, o STJD puniu o Campinense e o técnico Francisco Diá por conta de outro incidente durante a Série D, só que dessa vez no jogo contra o Jacuipense.

No jogo entre Central e Campinense, válido pela segunda rodada da primeira fase da Série D, algumas confusões foram registradas no entorno do Estádio Lacerdão. Um rojão teria sido arremessado no local onde estava a torcida do Central e pedras jogadas na parte do estádio reservada para a torcida do Campinense. Na época, a equipe pernambucana também acabou recebendo uma punição.

Colaboração GE/PB

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Fechar