“Sou a favor do lockdown”, diz Cida Ramos sobre medidas restritivas na PB

Para a parlamentar paraibana, a pandemia só terá controle com a vacinação em massa e é necessário cobrar imunizantes suficientes de Bolsonaro

A deputada estadual, Cida Ramos (PSB) apoiou, nesta segunda-feira (8), as medidas restritivas impostas pelo Governo do Estado para conter o avanço do coronavírus na Paraíba e afirmou ser totalmente a favor que haja lockdown. De acordo com a parlamentar paraibana, o momento é de união entre os poderes e de responsabilidade com a vida da população.

Para Cida, a pandemia só terá controle quando a população for vacinada em massa e é necessário cobrar do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) imunizantes suficientes para todos os brasileiros.

“Temos que exigir a vacinação em massa do presidente da República e temos que ter medidas restritivas muito fortes. Se não fizermos isso, não conseguiremos controlar o caos já existente”, afirmou.

O esforço “sobre-humanos” dos profissionais da saúde também foi lembrado pela parlamentar e ressaltou que as medidas restritivas são essenciais para a proteção contra o vírus.

“Temos uma rede hospitalar totalmente em frangalhos, superlotada. É sobre-humano os esforços que os profissionais da saúde estão fazendo. Então, as medidas restritivas são de proteção. Medidas de quem se preocupa com a vida das pessoas”, relatou.

A parlamentar paraibana também teceu críticas a quem defende o funcionamento normal do comércio durante a pandemia. Para Cida, a vida das pessoas precisa estar sempre em primeiro lugar.

“Não existe essa falsa contradição entre vida e economia. Essa contradição é de quem é negacionista e de quem não pensa em primeiro lugar nas pessoas, porque para enfrentarmos a crise, ou vacinamos e protegemos as pessoas com medidas restritivas, ou não teremos como recuperar a economia”, disse.