Sikêra acusa ex-prefeito de esconder Ruan Macário e será acionado na Justiça

Ex-gestor paraibano classificou a matéria como “estapafúrdia, absurda, irresponsável e criminosa” e afirmou que "todos os envolvidos responderão judicialmente pelo delito"

Justiça nega recurso de Sikêra Jr. após polêmica com falas homofóbicas
Sikêra Jr. - Foto: Reprodução/RedeTV!

O ex-prefeito de Catolé do Rocha e ex-deputado estadual, José Otávio Maia de Vasconcelos, conhecido como Zezito Maia, afirmou, em nota divulgada na quarta-feira (10), que vai acionar o apresentador Sikêra Junior, do Alerta Nacional, na Justiça.

Ontem, o apresentador usou o programa, gerado pela TV A Crítica de Manaus/AM e retransmitido pela RedeTV! para todo o Brasil, para afirmar que o foragido da Justiça, Ruan Macário, acusado de atropelar e matar o motoboy Kelton Marques em setembro deste ano na capital paraibana, estaria escondido na Fazenda Olho D’Água, em Catolé do Rocha, propriedade do ex-prefeito.

De acordo com o ex-gestor, a matéria jornalística é “estapafúrdia, absurda, irresponsável e criminosa” e “todos os envolvidos responderão judicialmente pelo delito”.

Leia a nota na íntegra:

Tomei conhecimento, ainda na noite de hoje, de um factoide absurdo divulgado nacionalmente pelo apresentador Sikera Júnior, na REDETV e todas as redes sociais, que eu, em minha propriedade rural, estaria escondendo a pessoa de Ruan Macário, que está respondendo a processo criminal.

Estapafúrdia, absurda, irresponsável e criminosa a matéria jornalística e *todos os envolvidos responderão judicialmente pelo delito* . É um ato criminoso contra minha honra e buscarei todos os meios jurídicos necessários para repará-la!

Não passa de uma *deslavada mentira* contra minha pessoa, minha honra e minha família.

Essa infâmia gratuita e delituosa me deixa profundamente indignado, por ser eu uma pessoa pública, com família constituída e sem mácula alguma em toda minha trajetória, de sempre defender os mais humildes contra a violência e em defesa da paz social.

Ao tempo em que agradeço aos amigos e amigas a solidariedade já manifestada contra essa cretinice, reafirmo que tudo o que faço é trabalhar com dignidade e honradez, maior patrimônio e legado que deixarei para minha família.

José Otávio Maia de Vasconcelos.
Catolé do Rocha, Paraíba, 10 de novembro de 2021.