Servidores da UFPB paralisam atividades e lançam ‘Eu dou o sangue pelo serviço público’

Os servidores técnico-administrativos da UFPB aderiram à paralisação nacional contra as reformas do governo e o que consideram desmonte do Estado por parte do governo Bolsonaro, que acontece nesta terça-feira (26) e amanhã (27). O movimento está sendo organizado em nível nacional pela direção da Fasubra (Federação de Sindicatos de Trabalhadores).

Como estratégia de dialogar com a população sobre a temática, o Sentes (Sindicato dos Trabalhadores em Ensino Superior da Paraíba) está promovendo uma campanha de doação de sangue entre os servidores, estudantes e demais usuários dos serviços da UFPB, com o mote ‘eu dou o sangue pelo serviço público’.

Durante os dois dias de manifestações, os servidores serão sensibilizados a fazer doação de sangue para o Hemocentro. O objetivo do ato é realizar uma atividade que possa dialogar com a sociedade em apoio à causa, já que novembro foi definido Como o Mês do Doador pelo Hemocentro. A programação teve início às 08h no portão do CCHLA, onde foram distribuídos panfletos denunciando o que consideram malefícios das PEC da Reforma Administrativa defendida pelo Governo.

Para encerrar o primeiro dia de paralisação, ocorreu no início da tarde a Plenária de Construção do Fórum Estadual em Defesa do Serviço Público, com presença de centrais sindicais, movimentos sociais e parlamentares que apoiem a causa.

Comente