Servidor público é preso pela PF suspeito de praticar crime eleitoral, na PB

Suspeito teria cobrado determinada quantia em dinheiro em troca de informações de eleitores do município de Passagem

Um servidor da Justiça da Paraíba foi preso em flagrante pela Polícia Federal por suspeita de prática de crime eleitoral, nesta quarta-feira (9). Ele estava designado para atuar a serviço da Justiça Eleitoral.

De acordo com as investigações, o servidor teria cobrado determinada quantia em dinheiro em troca de informações de eleitores do município de Passagem, na Paraíba.

O suspeito deve responder por crime de corrupção passiva, conforme artigo 317, do Código Penal. Um inquérito policial deve ser instaurado e será conduzido pela Delegacia da Polícia Federal, em Patos.

Comente