Semob renova 48 pontos de medidores de velocidade e instala mais três em JP

Equipamentos foram instalados após estudos técnicos e sinalização e passam a funcionar a partir desta quarta-feira (17)

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) substituiu 48 pontos medidores de velocidade e instalou mais três novos equipamentos na cidade, totalizando 51 pontos monitorados. Os medidores foram devidamente instalados após serem feitos estudos técnicos e sinalização informando os limites de velocidade e de fiscalização eletrônica, passando a funcionar a partir desta quarta-feira (17). De acordo com a resolução em vigor, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Os três novos pontos foram colocados na Av. Pres. Castelo Branco e rua Doutor Cicero Leite, no Cuiá, e na rua Estudante José Paulo Neto, no Rangel. Segundo o superintendente George Morais, a finalidade foi substituir os equipamentos por uma versão mais moderna e também disciplinar a circulação por meio do controle de velocidade e contagem de fluxo além de outras funções, reduzindo o número de acidentes e, com isso, garantir a segurança dos pedestres e condutores.

“Com relação aos três novos pontos monitorados, a Semob ressalta que faz 30 dias que estão no período educativo e os demais 48, como foram substituições permaneceram no mesmo local, apenas trocamos por equipamentos mais atuais e continuam normalmente autuando os veículos por excesso de velocidade”, frisou.

Os equipamentos funcionam a partir das 6h até as 22h, com exceção dos medidores da orla que tem horários e velocidade diferentes, com início das 5h às 8h com 30 km/h, após esse horário a velocidade permitida é de 50 km/h.

Mais segurança

Na Capital, são utilizados os Redutores Eletrônicos de Velocidade (REV – com display de velocidade) que visa controlar a velocidade num ponto específico da via, geralmente em pontos críticos e de travessia de pedestres e tem como velocidade padrão 40 km/h (quando próximo de escolas) e 50 km/h.

Já os Controladores Eletrônicos de Velocidade (CEV – sem display de velocidade) visam controlar a velocidade em um trecho longo da via, pois o condutor não sabe o ponto exato de fiscalização. A Semob-JP continua informando a existência da fiscalização eletrônica por meio de placas para alertar os condutores, mesmo não sendo mais obrigatória pela legislação vigente, pois o usuário deve respeitar os limites de velocidade para cada via, independente da presença da fiscalização eletrônica.

O que diz o Código de Trânsito Brasileiro (CTB)

O artigo 218, diz que transitar em velocidade superior à máxima permitida para o local, medida por instrumento ou equipamento hábil, em rodovias, vias de trânsito rápido, vias arteriais e demais vias:

I – Quando a velocidade for superior à máxima de até 20%, a multa é de natureza média com valor de R$ 130,16;

II – Quando a velocidade for superior à máxima em mais de 20% até 50%, a multa é grave com valor de R$195,23;

III – Quando a velocidade for superior à máxima em mais de 50%, a multa é três vezes o valor da gravíssima chegando ao valor de R$880,41 com suspensão imediata no direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

Medidores de Velocidade

Para saber todos os pontos dos medidores eletrônicos, os usuários podem acessar o Portal da Semob-JP no endereço.