Sem previsão de retorno, UFPB aprova 2º período suplementar de atividades remotas

Matrículas terão início em 17 de agosto, pelo Sistema Integrado de Gestão Acadêmica. Atividades ocorrerão a partir de 8 de setembro

O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) aprovou oferta de segundo período suplementar nesta terça-feira (4).

As matrículas terão início em 17 de agosto, pelo Sistema Integrado de Gestão Acadêmica (Sigaa). As atividades remotas ocorrerão de 8 de setembro até 16 de dezembro.

Outros detalhes da medida serão divulgados na próxima quinta-feira (6), quando a resolução será publicada na íntegra pela Secretaria dos Órgãos Deliberativos da Administração Superior (Sods) da UFPB.

A proposta de oferecer este segundo período suplementar foi apresentada pela Pró-reitoria de Graduação (PRG) ao Consepe no dia 27 de julho. 

Resultados parciais de pesquisa da pasta, que avaliou a experiência de estudantes e de professores em atividades de ensino e de aprendizagem remotas ofertadas no primeiro período suplementar, de 8 de junho até 14 de agosto, indicaram que a medida contribui para formação.

O primeiro período suplementar da UFPB nesta quarentena foi aprovado pelo Consepe em 18 de maio. Cerca de 18 mil alunos participaram das atividades on-line.

As atividades presenciais e os calendários acadêmicos da UFPB foram suspensos, respectivamente, em 17 de março e 20 de abril, devido à pandemia do novo coronavírus.

Ainda não há previsão para início dos períodos letivos de 2020.1 e de 2020.2 na federal paraibana.

Comente