Seis turistas brasileiros morrem no Chile após vazamento de gás

Seis turistas brasileiros morreram nesta quarta-feira (22) em Santiago por inalação de gás, afirmou o comandante da polícia da capital chilena.

Até o momento, o Itamaraty não confirmou a nacionalidade das vítimas.

O grupo estava de férias e havia alugado um apartamento por meio de um aplicativo no centro da cidade. Os turistas sentiram mal estar e pediram ajuda a um representante consular do Brasil no Chile.

O diplomata chegou ao local acompanhado de agentes da polícia, que tiveram que forçar a entrada no imóvel antes de encontrar os seis corpos. As janelas estavam fechadas.

“Constatamos que havia seis pessoas mortas, quatro adultos e dois menores de idade, e que provavelmente suas mortes foram causadas por um vazamento de gás”, disse o comandante Rodrigo Soto à imprensa local.

O prédio e as ruas próximas foram evacuados. Os turistas estavam no Chile há cerca de uma semana.

Bombeiros testaram o ar dentro do apartamento e encontraram altas concentrações de monóxido de carbono, um gás incolor cuja inalação pode levar à morte. Foi aberta uma investigação para determinar a causa da morte dos turistas. As informações são da Folha.

Comente