- Publicidade -
Política

Segundo pedido de cassação de Berg Lima é acolhido pela Câmara de Bayeux

O prefeito afastado da cidade de Bayeux, Berg Lima, começou nesta quinta-feira (23) a responder o segundo pedido de cassação acolhido pela Câmara Municipal do município.

- Continua depois da publicidade -

Berg agora passa a ser alvo de dois processos, o primeiro foi instalado para apurar os fatos que o levaram à prisão.

A nova denúncia foi aceita por unanimidade entre os vereadores. Um morador da cidade acusa o gestor de infração político-administrativa ao cometer fraude no aluguel de veículos para administração municipal quando ainda estava no mandato.

Um relatório da Secretaria de Gestão e Controle Interno de Bayeux apurou que existiam veículos ‘fantasmas’. Os caminhões eram alugados para o uso de serviços na cidade, mas não estavam em Bayeux e nunca foram abastecidos. Segundo o documento, foram pagos mais de R$ 30 mil por esses aluguéis. O denunciante, o morador Astero Santos, diz que Berg Lima “foi conivente”.

O prefeito afastado tem 10 dias para se defender depois que receber a comunicação da Câmara. Fonte: T5.

 

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar