Secretário afirma que problema do lixo em CG foi ocasionado por falta de combustível

Diante de um problema pontual na coleta de lixo em Campina Grande, ocasionado pela operacionalização no abastecimento de combustível em cinco carros coletores, 30 por cento da frota foi afetada, principalmente na noite da segunda-feira, mas na manhã da terça-feira, tudo foi solucionado pela Limpax, empresa responsável por este serviço.

Segundo Geraldo Nobre Cavalcante, da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), foi providenciado uma operação especial no roteiro desses veículos, e em poucas horas ocorreu a normalização plena do serviço.

“Tudo ocorreu devido a uma cota de combustível destinada para Campina Grande, mais precisamente para os caminhões compactadores e outros equipamentos da Limpax, que foi de apenas 70% do que é utilizado no abastecimento dos veículos. Por  isso tivemos que suspender a coleta noturna de alguns bairros da zona leste, principalmente bairro do Catolé, mas na manhã desta terça-feira, tudo foi normalizado”, explicou o secretário.

O combustível foi normalizado e a secretaria providenciou caminhões reserva, e isso garantiu a coleta sem sua plenitude. “Como nossa rota é três dias por semana, nesta quarta-feira, tudo estará normalizado com as correções feitas”, garantiu Geraldo Nobre.

Comente