Um áudio vazado nas redes sociais tem movimentado a cidade de Santa Rita nas últimas horas. Na gravação, a jornalista Mércia Dantas, secretaria adjunta de Comunicação da prefeitura, insinua que vem sendo perseguida pelo titular da pasta, Djenilson Ataíde.

“E o titular, ele a vida inteira criou esse distanciamento… Primeiro, ele foi, como é que eu posso dizer, confrontado, né? A pessoa que ele queria pro cargo não foi pro cargo. Então, ele não tem a humildade de querer fazer uma convivência harmoniosa comigo”, desabafa a adjunta no áudio vazado, que aparentemente foi editado.

Na gravação, a jornalista conta ainda que tem perdido força na gestão do prefeito Emerson Panta (PSDB). “Na gestão, eu tinha muito mais aproximação com a primeira-dama. E eu percebi que algum comentário maldoso alguém foi fazer a ela. Então, assim… Tem certas coisas que ela ainda confia em mim, me pergunta, me consulta, mas tem certas coisas que ela me ignora… Eu não sei ainda o que me sustenta ali, porque quem me sustentava era ela.”

Antes do imbróglio com a sua adjunta, o secretário Djenilson Ataíde foi apontado pelo portal News Paraíba de ser o responsável pela saída do jornalista Marcos Cavalcanti, então porta-voz da prefeitura, dos quadros da Secretaria de Comunicação de Santa Rita.

“Segundo informações apuradas pelo News Paraíba no início da noite de hoje, o secretário Djenilson Ataíde teria pedido a cabeça do rádio escuta da instituição, Marcos Cavalcanti, e de outras pessoas lotadas na Secom ao prefeito Emerson Panta. Ainda de acordo com a mesma fonte, Panta teria aceitado o pedido do secretário”, publicou o portal News Paraíba no último dia 11.

Ouça acima o áudio que está circulando nas redes sociais envolvendo auxiliares do prefeito tucano Emerson Panta.

Comente

Camara Municipal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here