Sandra quer implantar CPI para investigar irregularidades na Funjope

A vereadora Sandra Marrocos (PSB), levou mais uma vez o debate sobre as denúncias feitas contra a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) sobre a suspeitas em relação aos contratos realizados pela Fundação e os repasses dos cachês aos artistas, que, de acordo com eles, não estão sendo feitos de maneira correta.

O vereador Marco Antônio (PHS), afirmou que tinha se comprometido em viabilizar um encontro entre a diretoria da Funjope e os artistas, porém a parlamentar declarou que não recebeu nenhum retorno sobre o assunto.

“Eu não recebi o retorno quando eu disse que ia conversar com Maurício, na Funjope, junto com os artistas. Eu quero dizer para a Funjope que o desafio está feito. Esta nota irreal e ela foi distribuída de forma covarde, poderia ter sido entregue a mim”, disse.

Sandra continuou seu discurso afirmando que está havendo o favorecimento a uma única empresa e que irá instalar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Funjope, para que as denúncias sejam apuradas, junto com o Ministério Público.

“Está havendo sim um favorecimento de uma única empresa nessa cidade. Agora quem vai discutir é o Ministério Público, a representação está pronta. Eu sou muito ética, não mexo com a vida pessoal das pessoas e nem com a história política delas, faço denúncia de acordo com a coerência. Na hora e no momento certo, a CPI da Funjope será instalada”, declarou.