Samu-JP tem repasse de quase R$ 2 milhões suspenso pelo Ministério da Saúde

Recurso seria usado para incentivo mensal de habilitação e qualificação da Central de Atendimento Móvel das Urgências (CRU) João Pessoa e das unidades móveis

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de João Pessoa deixará de receber quase R$ 2 milhões por ano do Ministério da Saúde para qualificação do serviço. A decisão está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (12).

O repasse do recurso financeiro seria usado para incentivo mensal de habilitação e qualificação da Central de Atendimento Móvel das Urgências (CRU) João Pessoa e das unidades móveis destinadas ao Samu da Capital.

De acordo com a decisão, não foram atendidos os requisitos exigidos na Portaria de Consolidação GM/MS nº 6, de 28 de setembro de 2017. No entanto, os requisitos não foram listados.

Confira a tabela: