Salão do Artesanato Paraibano chega ao fim com mais de R$ 1 milhão em vendas

A 34ª edição do Salão do Artesanato Paraibano, que terminou neste domingo (3), em Campina Grande, comercializou mais de R$ 1 milhão — entre vendas e encomendas. Nesta edição, o evento teve como tema “Bordados que contam histórias”.

O Salão do Artesanato Paraibano contou com a participação de 400 expositores. Em um espaço de 3,4 mil metros quadrados, no Museu de Arte Contemporânea (MAC)/Unifacisa, o público visitante pôde conferir o melhor da produção artesanal do Estado: metal, brinquedos populares, crochê, macramê e o grande homenageado —  o bordado, tipologia presente em diversos municípios paraibanos, com destaque para João Pessoa, Campina Grande (incluindo aí o Distrito de Galante), Serra Redonda, Alagoa Nova e Gurinhém.

Outro grande destaque desta edição foi a solidariedade dos visitantes, que doaram 1,5 toneladas de alimentos, que serão destinados a entidades carentes de Campina Grande.

A gestora do PAP, Marielza Rodriguez, agradeceu os parceiros desta edição. “Ao todo, foram comercializados R$ 1.090.719,46. Alcançamos a meta de vendas, o que nos deixa muito felizes”, acrescentou.