Sabadinho Bom homenageia mulheres e traz grupo Em Canto e Choro

As edições do Sabadinho Bom de março, mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, serão dedicadas ao público feminino. Neste final de semana, a atração é o grupo musical Em Canto e Choro, que tem à frente uma mulher. Realizado pela Prefeitura de João Pessoa, por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), o evento acontece neste sábado (4), na Praça Rio Branco, Centro Histórico da Capital, a partir do meio-dia.

“Todos os grupos que se apresentarão no Sabadinho Bom, a partir desta semana, têm uma simbólica ou são liderados por mulheres. Com isso, estamos homenageando todas as mulheres de João Pessoa e da Paraíba especialmente neste mês dedicado a elas”, declarou o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

O grupo Em Canto e Choro promete um repertório recheado de novidades tanto no choro instrumental como em composições cantadas, conhecidas da grande massa. Seus integrantes reservam algumas surpresas, com músicas diferentes e uma roupagem para agradar a um público diversificado.

Mel Vinagre, uma das integrantes, afirma que a homenagem será estendida à diversidade da música popular brasileira e a mescla de alguns gêneros pouco comuns ao universo do choro. “Mas, com uma pegada de arranjos que só os chorões sabem trazer para o deleite do público”, diz.

Entre os exemplos estão obras de Pixinguinha, como Carinhoso; Lamentos, de Joaquim Calado; O quereres, de Caetano Veloso; Os amantes, de Luiz Airão; Nem coberta de ouro, na voz de Nelson Gonçalves; Manhã de Carnaval, também consagrada na voz de Elizete Cardoso, entre outras.

Os músicos que vão acompanhar o show são João Maria, no violão de sete cordas; Germana Vinagre, no pandeiro; Luis Gutemberg, no violão de seis cordas; Medeiros, no cavaquinho; na flauta, Cornélio Santana, que é convidado; na voz, Francinete Melo.

Todos possuem vasta experiência no universo do choro e participam intensamente das vivências musicais da cultura da cidade. A apresentação contará ainda com a presença de convidados e com as participações especiais dos cantores Júlio Lima e da cantora Helô Uehara.

O Sabadinho terá ainda os clássicos sambas-choro e peças instrumentais autorais do músico Cornélio Santana, entre elas, o maxixe ‘O levanta saia’, o choro ‘Paraibinha’ e uma outra composição cantada de Francinete Melo, ‘Meu Moreno’.

“A expectativa para o Sabadinho é de muita alegria, presença, participação do público e de fazermos uma boa apresentação que possa levar às pessoas a oportunidade do prazer de ouvir uma boa música, de divertimento, sorrisos e dança. Considero esse projeto muito importante para atender a demanda de artistas de nossa terra, a valorização de artistas e compositores, instrumentistas e cantores da cidade, pois abre espaço para os talentos e a arte local”, avalia Mel Vinagre.

Ela promete para o público um show de variedades em chorinhos clássicos, sambas choros e canções ao som da flauta, de vozes acompanhadas de chorosos violões, cavaquinho e pandeiro. “Convidamos todos e todas para comparecerem para esse Sabadinho Bom tão especial e para todas as idades”, convida.