O presidente estadual do PSDB Ruy Carneiro repercutiu as declarações do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, de que quer ser o candidato do ninho tucano para a disputa pelo Governo do Estado, no próximo ano.

“Seria um contrassenso ao partido negar a legenda a Romero, que é uma figura histórica dentro do partido e que é bom gestor em Campina Grande”, afirmou.

Porém, ele afirmou que a única forma de obter êxito é usar estrategicamente a união de todas as forças da oposição. “A história das últimas eleições na Paraíba mostra que é necessário ter união para ter vitória. É preciso que Romero observe o que nos une, baseado no sucesso administrativo de João Pessoa e Campina Grande, gestões modernas, gestões feitas no entendimento e respeito. Romero sendo candidato a governador, a aliança é importante para qualquer candidato a governador”, declarou.

Ruy ainda filosofou e pregou os principais princípios do manual de ‘como se tornar um candidato bem sucedido’, em sua cocepção. “Quem quer ter aliança tem que ter vontade e desprendimento. Quem quer fazer tem que ser votado e também saber votar”, finalizou.

Erros da Paraíba?

De um lado, o governador Ricardo Coutinho (PSB) afirmou que dialoga com o PMDB para “livrar a Paraíba das pragas políticas” que são a incompetência e a ineficiência. De outro, o presidente estadual do PSDB Ruy Carneiro afirmou que a oposição deve se manter firme e forte, sem vaidades, para vencer o projeto socialista e as eleições do próximo ano.

Em entrevista a uma rádio de João Pessoa, na tarde desta terça-feira (12), Ruy filosofou e pregou os principais princípios do manual de ‘como se tornar um candidato bem sucedido’, em sua cocepção. “Quem quer ter aliança tem que ter vontade e desprendimento. Quem quer fazer tem que ser votado e também saber votar”, alegou.

Saindo do discurso doutrinário, o tucano resolver abrir o bico e mostrar seu potencial bélico. “A Paraíba simpatiza com essa aliança porque somos nós que podemos corrigir erros feitos ao longo tempo. Estamos em um final de ciclo, com graves problemas no Governo do Estado. A aliança tem como corrigir defeitos que a Paraíba tem hoje. E, se a aliança estiver vacinada contra intrigas e tiver compromisso maior com o Estado, nós seremos vitoriosos e fazer uma boa gestão no Estado e corrigir muita coisa errada que está aí”, disse.

Comente