Publicidade
Política

“Ricardo recorreu ao PMDB em 2014 e nunca agradeceu ao partido”, diz Maranhão

O senador e presidente estadual do PMDB, José Maranhão comentou, durante convenção que oficializou a candidatura à reeleição do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD). Na ocasião, o senador declarou que o PMDB trabalha pelo desenvolvimento e destaca que a reeleição tenho peso maior, pois os pessoenses irão analisar a administração de Luciano Cartaxo.

- Continua depois da publicidade -

“Aqui é o partido do progresso e do desenvolvimento. A eleição é importante, mas a reeleição é muito mais importante, porque a eleição é um plebiscito, e eu tenho certeza que essa multidão representa a grande maioria que aprova um verdadeiro plebiscito, a administração de Luciano Cartaxo. Se ele não estivesse trabalhando aqui, vocês não estariam aqui e se vocês não estivem, meu partido também não estaria”, declarou o senador.

Se referindo ao governador Ricardo Coutinho (PSB), Maranhão lembrou que o ajudou nas eleições em 2014, onde Ricardo disputou o segundo turno com o senador Cássio Cunha Lima. Maranhão desabafou ao declarar que após o apoio Ricardo não agradeceu ao seu partido, mas ressalta que esse agradecimento deve ser feito de fato aos paraibanos.

“Nós contribuímos nas eleições para governador. No primeiro turno, ele não conseguiu se eleger, perdeu por quase 30 mil votos, recorreu ao nosso partido e nós na convergência do projeto nacional e aí no segundo turno ele ganhou a eleição, mas nunca agradeceu ao PMDB, não precisava ele agradecer ao PMDB e sim ao povo da Paraíba”,

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar