- Publicidade -
Política

Ricardo diz que PSB está de “portas abertas” para receber ‘insatisfeitos’ no PMDB

Mesmo cauteloso, o governador Ricardo Coutinho (PSB) disse, nesta terça-feira (14), em entrevista à imprensa, que seu partido está de “portas abertas” para receber o senador Raimundo Lira e deputado Veneziano Vital do Rêgo, ambos do PMPB. A declaração foi feita durante solenidade de lançamento do Pacto pelo Desenvolvimento Social 2017, ocorrida no Espaço Cultural.

- Continua depois da publicidade -

“As portas estão abertas aos dois. Agora, tenho muito cuidado com isso pra não achar que estou interferindo”, disse Ricardo, que acrescentou: “cada um sabe o cenário em que se encontra”. Ele lembrou que possui uma aliança “frutífera” com Lira e Veneziano e disparou: “a decisão pertence a eles”.

Instado a comentar sobre o papel que Lira e Veneziano poderiam desempenhar no PSB, governador afirmou que o presidente estadual do partido, Edvaldo Rosas, é quem poderia definir. “Edvaldo está acima de mim. Não sou general nessa história e nem quero ser”, despistou Ricardo.

Saiba mais

Raimundo Lira e Veneziano são aliados do governador Ricardo Coutinho e têm enfrentado problemas dentro do PMDB pelo apoio que ambos têm dado ao Palácio da Redenção. Insatisfeitos com o tratamento que vêm recebendo do partido comandado na Paraíba pelo senador José Maranhão, eles podem migrar de legenda antes de enfrentarem às urnas no próximo ano.

Além de Lira e Veneziano, outros parlamentares peemedebistas dão apoio sustentação política à gestão do governador Ricardo Coutinho, como os deputados Hugo Motta (federal), André Amaral (federal), Nabor Wanderley (estadual) e Jullys Roberto (estadual).

 

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar