Ricardo destaca questão de gênero para escolha da chapa da situação

O governador Ricardo Coutinho (PSB) esteve em Campina Grande e lá concedeu entrevista e destacou, questionado sobre o nome para compor a chapa majoritária nas eleições de 2018, que a questão de gênero é importante e será levada em consideração na hora da escolha do nome.

Ricardo também não garantiu se o vice virá de Campina Grande, assim como foi nas últimas eleições estaduais, em 2010, com Rômulo Gouveia (PSD) e em 2014, com Lígia Feliciano. Apesar de não garantir se o vice será um nome de Campina Grande, Ricardo destacou a importâncias dos dois maiores colégios eleitorais da Paraíba.

“Evidentemente que João Pessoa e Campina Grande são os dois maiores colégios e evidentemente que eu tenho um olhar que nós temos grandes nomes. Mas eu não vou citar nenhum nome. Eu não lancei nenhum, apenas concordei com o nome que foi falado. Imaginem se eu falar em nome de vice ou da vice, porque também é importante você olhar essa questão de gênero, esse é um ponto que deve ser pesado”, disse.

Em 2014, Ricardo Coutinho teve a médica Lígia Feliciano (PDT) como companheira de chapa. Já em 2016, em João Pessoa, foi a professora Cida Ramos (PSB) que teve o deputado Wilson Filho (PTB) compondo a majoritária.

Estiveram acompanhando o governador, em sua agenda administrativa, por Campina Grande,
o secretário João Azevêdo (PSB) e também a secretária Ana Cláudia Vital do Rêgo (PMDB), que, por sua vez, é um dos nomes que ganha força, ao lado do nome de Lígia Feliciano (PDT), para figurar na vice do PSB, nas eleições de 2018.

Comente