Ricardo Barbosa diz que governo de João vai além de slogan e aprimora trabalho iniciado por RC

O líder do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Ricardo Barbosa, explicou em sua visão o porquê da boa aceitação do primeiro semestre do governador João Azevêdo (PSB) na Paraíba. Com quase 60% de aprovação, o governador foi bem avaliado em todas as regiões do Estado. Para o líder, João não apenas tem feito o slogan de sua campanha eleitoral, “Segue o Trabalho”, ou seja, seguindo o trabalho iniciado por Ricardo Coutinho em 2011, como tem aprimorado.

“Para além do slogan ‘Segue o Trabalho’, estamos não apenas seguindo o trabalho deste projeto, que hoje é comandado por João Azevêdo, mas estamos aprimorando o trabalho. A satisfação do povo se reflete não somente nesta conceituada pesquisa, mas na auscultagem que fazemos, no sentimento que colhemos nas visitas aos municípios paraibanos. A solidariedade emprestava ao governador não somente nas suas participações em solenidade, inaugurações, assinaturas de ordem de serviço, mas em todos os quadrantes deste Estado”, afirmou.

Barbosa lembrou que o Brasil vive um cenário de crise em diversos segmentos, a exemplo da economia e a segurança pública, mas a Paraíba consegue ser uma ilha alheia aos dados negativos que se avolumam no Brasil e nos outros estados.

“Este projeto será ainda mais exitoso porque ele atende aos maiores e melhores anseios do povo da Paraíba. Um governo que, a despeito da crise nacional, por que passam quase todos os estados da federação, aqui na Paraíba nós assistimos ao lançamento de políticas públicas arrojadas, ao incremento de ações e obras. São mais de meio bilhão de reais nestes sete meses, anunciados e em execução. Os indicadores econômicos estão cada vez mais sólidos. A segurança pública que também é um problema de ordem nacional, aqui arrefece as estatísticas em favor da cidadania e da segurança do povo da Paraíba. O cenário é extremamente alvissareiro”, comemorou.

Ouça:

Sobre a pesquisa

A gestão do governador João Azevêdo obteve 44,6% de ótimo e bom em pesquisa do Instituto Opinião, divulgada pelo Sistema Arapuan; 27,1% consideraram regular e apenas 12,2% ruim e péssimo.

Excluindo as pessoas que não responderam, o percentual de pessoas que consideram o governo bom e ótimo chegou, portanto, a 58,7%.

Comente