Repórter do Encontro sofre tentativa de assalto ao vivo, na Avenida Paulista

Enquanto falava de frente para a câmera, um homem de bicicleta passou ao lado da repórter e tentou puxar o celular de sua mão

Juliane Massaoka quase foi assaltada na manhã desta sexta-feira (8) durante o “Encontro com Patrícia Poeta“. A repórter estava fazendo um link ao vivo com o programa, diretamente da Avenida Paulista, em São Paulo, quando a ação aconteceu.

Enquanto falava de frente para a câmera, um homem de bicicleta passou ao lado da repórter e tentou puxar o celular de sua mão.

“Gente, quase fui assaltada. Patrícia do céu! Pelo amor de Deus”

Ela conseguiu segurar o aparelho e a câmera registrou toda a ação. O “Encontro com Patrícia Poeta” estava no local porque nesta sexta-feira a Avenida Paulista completa 102 anos.

Juliane Massaoka continuou fazendo a reportagem na região, mas estava visivelmente nervosa e tremia ao segurar o microfone até o fim da reportagem.

“Eu tô um pouco trêmula, o microfone dá uma tremidinha. Fica um nervoso”
‘Misto de impotência, tristeza e medo’, diz repórter após tentativa de assalto ao vivo.

A repórter também contou que além do operador de câmera e outros profissionais de produção, a equipe do programa também estava acompanhada de um segurança durante a reportagem. Mesmo com policiamento no local e o segurança da TV, o assaltante não se intimidou.

“Graças a Deus, a equipe que vem da TV Globo aqui comigo tem um segurança maravilhoso, que rapidamente agiu. Meu celular caiu no chão e agora voltei a ter ele comigo. Então não fui roubada”

Patrícia Poeta havia acabado de falar sobre violência urbana no “Encontro”, momentos antes de chamar a reportagem de Juliane Massaoka. O programa mostrou casos de violência no Rio de Janeiro, que tem sofrido com o aumento do número de assaltos, e situações em São Paulo e Salvador.

Veja vídeo:

‘Estamos bem’
Nas redes sociais, Juliane falou sobre o caso. A repórter contou detalhes do assalto e disse que ela e equipe já estão bem e de volta à emissora. O segurança que acompanhava a reportagem chegou a segurar o ciclista que tentou assaltar Juliane, de acordo com o relato. Confira abaixo o texto na íntegra:

“A arte salva! E uma boa equipe mais ainda!

Hoje sofri uma tentativa de assalto durante um link ao vivo para o Encontro com @patriciapoeta

Em plena luz do dia, com câmeras de segurança, câmera da TV Globo e viaturas da polícia militar a menos de uma quadra de distância. Difícil descrever o sentimento, talvez um misto de impotência com tristeza e medo.

Mas isso não pode nos paralisar. Graças a Deus esse assaltante não estava armado e o segurança @rodriguescelso1986 foi ágil, segurou o cara e só soltou quando viu que eu estava inteira e com o celular na mão.

Que sorte eu tive! Às vezes vejo na internet reclamações de gente que diz que o programa fala demais da violência, que o assunto é pesado… pois saibam que tudo o que a gente quer é trazer leveza, arte, entretenimento e notícias boas. Mesmo com o susto, mostramos o lindo trabalho do violonista @victor_gmartins e contamos um pouco da história da Avenida Paulista, que vai muito além do episódio registrado hoje.

Mas infelizmente tem dias em que a violência se impõe e a gente fala dela, denuncia, na esperança de ver mudanças.

Pra quem se preocupou: eu e equipe estamos bem, com todos os nossos pertences e já voltamos à TV Globo em total segurança.

Prontos pra voltar ao batente e fazer o que a gente ama.

Espero cada vez mais realizar esse trabalho contando boas histórias, mas sempre que for necessário, assuntos pesados serão denunciados também.

Boa sexta-feira a todos”

Do Gshow