Publicidade

Renato Gadelha também não quer discutir eleição da Assembleia Legislativa

O deputado estadual eleito Renato Gadelha (PSC) decidiu se juntar ao grupo já formado por Manoel Ludgério (PSD), Bruno Cunha Lima (PSDB) e Tovar Correia Lima (PSDB) e não participar, ainda, da discussão em torno da eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba. A justificativa é a mesma que os demais parlamentares já haviam divulgado em nota encaminhada ao Parlamentopb anteontem. Ele considera que há temas prioritários a serem discutidos.
Apesar das restrições dos deputados de oposição, o candidato governista Adriano Galdino (PSB) já anunciou ter 22 aliados, o que seria, em tese, mais que suficiente para ganhar a eleição para presidente da Assembleia no dia 2 de fevereiro de 2015. A unção de Galdino passaria por um acordo para eleger, antecipadamente, no mesmo dia, a Mesa que comandaria o legislativo estadual no biênio 2017-2018, cujo presidente seria Gervásio Filho (PMDB).
Confira a nota:
 
Reunidos na tarde de 26/11/14, os Deputados Estaduais, Bruno Cunha Lima, Manoel Ludgerio e Tovar Correia Lima, decidimos, que em respeito aos problemas mais relevantes da Paraíba, destacamos: segurança pública e insegurança hídrica, acordamos, não priorizar neste momento, a discussão sobre a eleição da mesa diretora da ALPB, biênio 2015/2016.
 
Entendemos também, ser precipitada a antecipação da eleição para a mesa diretora, biênio 2017/2018. Acordamos também, que no momento oportuno, nossa decisão será pública e conjunta.
 
BRUNO CUNHA LIMA, MANOEL LUDGERIO E TOVAR CORREIA LIMA.
ParlamentoPB

- Continua depois da publicidade -

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar