Regina Duarte deve dizer ‘sim’ a Bolsonaro e comandará Secretaria de Cultura do país

Está marcada para as 16h45 desta quarta-feira a reunião que deve marcar o “casamento” da atriz Regina Duarte com o presidente Jair Bolsonaro, após dez dias do “noivado” anunciado desde que a artista foi convidada para assumir a Secretaria Especial da Cultura do governo federal. O encontro vai acontecer no Palácio do Planalto. Regina chegou a Brasília por volta do meio-dia.

Uma fonte com influência no Palácio do Planalto e proximidade com o presidente disse acreditar que a atriz já aceitou, mas deixou para bater o martelo pessoalmente, com Bolsonaro. Outra sinalizou que a tendência é que ela formalize ainda nesta quarta o aceite.

Regina Duarte chegou ao Palácio do Planalto às 16h10 e disse que irá “precisar” dos jornalistas, mas não confirmou se assumirá a secretaria:

“Vou precisar de vocês, hein? O país é é todos nós. Não decidi nada. Só acho que vou precisar de vocês. Para o sim, para o não, para o talvez, preciso de vocês. Ó, rimou, hein! Para o sim, para o não, para o talvez, preciso de vocês.”

Ao chegar no aeroporto a atriz foi abordada por jornalistas e se esquivou das perguntas, segundo noticiou o “G1”. Ela estava acompanhada da reverenda Jane Silva, convidada por ela na semana passada para assumir a secretaria-adjunta da pasta.

A Secretaria Especial da Cultura está sem comando desde a queda do ex-secretário, Roberto Alvim, demitido por Bolsonaro devido a má repercussão de um vídeo oficial com referências nazistas. Com informações de O Globo.

Comente