A Polícia Militar prendeu três suspeitos e apreendeu um adolescente, na manhã deste sábado (27), no momento em que estavam abastecendo um carro roubado, em um posto de combustíveis, no bairro da Liberdade, em Campina Grande. Os quatro fazem parte de uma quadrilha que seria responsável por vários assaltos nos bairros do Catolé, Liberdade, Velame e Catingueira. Eles estavam em um veículo Fiat Strada de cor cinza (Placas: OFA7094/PB), que tinha sido tomado por assalto na noite dessa sexta-feira (26), no bairro do Catolé.

Um deles, Denyson Lima dos Santos, de 21 anos, foi reconhecido pela vítima como o autor do roubo do carro. Ele tinha um mandado de prisão em aberto pelo mesmo crime (roubo) e também por corrupção de menores, com pena de 15 anos e quatro meses para ser cumprida. Outro integrante do bando também tinha mandado de prisão em aberto. Raiff Sales Ferreira, de 28 anos, já responde por roubo, furto, porte ilegal de arma, corrupção de menores e estava com uma pena de 26 anos e dois meses para ser cumprida. O terceiro suspeito tem 18 anos e o quarto é um adolescente de 15 anos.

De acordo com o comandante do 2º Batalhão, tenente-coronel Lucas, as viaturas já estavam realizando buscas para localizar o veículo. “Fomos informados pela vítima do roubo do carro, que aconteceu na noite de ontem (sexta-feira) no bairro do Catolé, e as guarnições do 2º Batalhão já estavam em rondas para tentar localizar o veículo. Na manhã deste sábado, a PM recebeu uma ligação informando que o carro estava abastecendo em um posto e a guarnição comandada pelo cabo R Vieira, de forma atuante e proativa, foi até o local e desarticulou essa quadrilha que, pelas características, vinha agindo em pelo menos quatro bairros de Campina Grande”, disse.

O tenente-coronel contou que os suspeitos estavam abastecendo o veículo para realizar assaltos pela cidade, neste sábado. “A equipe que realizou a prisão contou que eles estavam completando o tanque do carro e disseram que iriam buscar um quinto integrante da quadrilha, para juntos saírem praticando assaltos na cidade, mas os planos deles foram frustrados graças à ação dos nossos policiais militares. Dois deles, mesmo com fichas criminais extensas, continuavam reincidindo no crime de roubo, o que demostra claramente a sensação de impunidade que eles carregam dentro de si, mas estaremos nas ruas para prender esses criminosos quantas vezes forem necessárias”, destacou.

Os quatro foram levados para o Distrito Integrado de Segurança Pública, no Parque do Povo, onde a vítima receberá seu carro de volta.

Camara Municipal