- Publicidade -
Política

PTdoB deve cassar registro de candidato a vereador que declarou apoio a Cartaxo

O candidato a vereador em João Pessoa, José Mariz, pode não participar das eleições deste ano. Isso porque o presidente municipal do Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), da Capital, Márcio Alencar, informou que o partido abrirá processo de cassação de registro e expulsão do candidato, por infidelidade partidária. O anunciou aconteceu nesta sexta-feira (19), após reunião com filiados. A ação deverá ser aberta nas próximas horas.

- Continua depois da publicidade -

A definição se deu após José Mariz declarar apoio ao projeto de reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD). A decisão surpreendeu a cúpula do PTdoB já que o partido apoia a candidata a prefeita em João Pessoa, Cida Ramos (PSB).

“O ato de José Mariz foi uma clara demonstração que ele quis apenas usar a sigla para ser candidato”, disse o presidente Márcio Alencar.

De acordo com o presidente municipal, o advogado José Mariz, desincompatibilizou-se do cargo de secretário adjunto da Habitação para disputar uma das vagas na Câmara Municipal. O candidato participou de todas as reuniões e assinaturas das atas para oficializar apoio ao projeto do PSB.

“Ele chegou ao PTdoB e participou de todas as reuniões, da convenção quando o partido oficializou a adesão à Cida Ramos. Assinou todas as atas concordando com a decisão do partido e agora sem comunicação ao diretório, decidiu seguir com Cartaxo, numa clara demonstração de desrespeito, incoerência e falta de compromisso com o partido que lhe deu legenda para disputar uma vaga na Câmara de João Pessoa”, desabafou Márcio Alencar.

Para Márcio Alencar, o ato de José Mariz foi uma clara demonstração que ele quis apenas usar a sigla para ser candidato, tendo em vista que o PTdoB é um partido de destaque com possibilidades de eleger o maior número de candidatos na Câmara Municipal de João Pessoa.

“Acredito que esse cidadão, quis apenas usar nosso partido para registrar sua candidatura. Após o registro da candidatura no TRE, ele volta para Cartaxo, lugar de onde nunca saiu. Incoerência, falta de respeito e infidelidade não só com o partido, mas para com quem abriu as portas do PTdoB à ele”, declarou Alencar.

Comente

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar