Publicidade
Cotidiano

Aesa divulga a previsão de chuvas para maio, junho e julho na Paraíba

No Brejo são esperados 600 milímetros, enquanto no Litoral, 900

O próximo trimestre deve ser de chuvas dentro da média histórica no Agreste, Brejo e Litoral, segundo o prognóstico climático divulgado nesta quarta-feira (24) pela Aesa (Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado). A previsão não descarta a possibilidade de chuvas acima da normalidade em algumas cidades destas regiões.

- Continua depois da publicidade -

“Mesmo com a previsão de índices pluviométricos dentro da média, é muito provável a ocorrência de chuvas intensas em pontos isolados. Lembrando que o prognóstico indica probabilidades de uma tendência média do volume acumulado de chuva para todo o quadrimestre e não para cada mês em particular”, explicou o gerente de Monitoramento e Hidrometria da Aesa, Alexandre Magno Teodósio de Medeiros.

A expectativa é de que a soma dos índices pluviométricos de abril a julho (período considerado a época das chuvas no setor leste da Paraíba) fique em torno dos 430 milímetros no Agreste. No Brejo são esperados 600 milímetros e no Litoral, 900. Já no Cariri a expectativa é de cerca de 240 milímetros, 310 no Sertão e 300 no Alto Sertão.

Isso porque, de acordo com o prognóstico climático da Aesa, “o oceano Atlântico Sul permaneceu mais aquecido do que o Norte e essa condição manteve a Zona de Convergência Intertropical mais ao sul de sua posição climatológica, favorecendo as chuvas na região Nordeste do Brasil”, descreve o documento elaborado pela equipe de meteorologistas do Governo do Estado.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar