Projeto Circulandô realiza oficinas de cinema, teatro, dança e música

O Projeto Circulandô, do Centro Estadual de Arte (Cearte), estará na cidade de Bananeiras de 30 de novembro a 2 de dezembro com oficinas de cinema, teatro, dança e música. A cidade vai receber a 20ª edição do Circulandô com seis oficinas de arte e exibição de curtas brasileiros em praça pública.

 

Publicidade
ALPB

As oficinas serão realizadas nesta sexta-feira, à tarde, das 14h às 18h e no sábado, pela manhã, das 7h30 às 11h30. Já o Cine Circulandô acontece a partir desta sexta, na Praça Epitácio Pessoa, no centro da cidade. O destaque dessa edição é a oficina da diretora do Cearte, Laura Moreno.

 

Bananeiras se localiza região do Brejo Paraibano. O município se destaca pela atividade turística e pelas famosas cachaças. A cidade também abriga um campus da Universidade Federal da Paraíba.

 

O Circulandô é um projeto de interiorização do Cearte e tem como objetivo provocar um encontro dos professores de arte da Capital com os dos municípios visitados, além de oferecer acesso ao ensino da arte à população local.

 

Inscrições para as oficinas:

Local da Inscrição: Espaço Cultural Oscar de Castro na casa do turista. O contato para as matriculas é (83) 99917-4940 (Eduardo Guimarães).

 

Oficinas:

Pintura – Atelier livre, pintura para crianças e adolescentes, ministrante Otavio Cássio O. Maia

Dança – Aura: uma experiência: CRIA + Ativa + idade, ministrante Laura Moreno

Cinema – Cinema de Bolso, ministrante Rodrigo A. Quirino

Teatro – Práticas de Preparação para o ator, ministrante Verônica de Lourdes Sousa

Música – Canto Nação Cariri: Canto coral, técnica vocal, improvisação, percepção musical, canto regional e percussão corporal. Ministrante Hidemburgo Hipólito de Oliveira, “Burgo”. Dança – Dança Contemporânea: Joelma Ferreira

 

Cine Circulandô – Bananeiras

Programação (Tempo de exibição: 79 minutos)

De Lua (PB, 15’, fic, 2013), de Marcélia Cartaxo

Gravidade (SP, 11’, animação, 2018), de Amir Admoni

Mini Miss (PE, 16’, doc, 2018), de Rachel Daisy Ellis

Aroeira (PB, 18’, fic, 2016), de Ramon Batista

Boca de Fogo (RJ, 9’, doc, 2017), de Luciano Pérez Fernández

Sweet Karolynne (PB, 2011, doc, 15’), de Ana Bárbara Ramos

 

Informações e Agendamentos:

Para informações e/ou agendamentos do projeto na sua cidade envie e-mail para: [email protected]

 

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]