Programa do PMDB é “uma desgraça só” para o trabalhador, dispara deputado da PB

O deputado estadual Anísio Maia (PT), rechaçou o programa “Pontes para o futuro” do PMDB nacional. O parlamentar ressaltou os pontos negativos da proposta e afirmou que a proposta é uma forma de fortalecer o golpe.

Anísio explica que o programa trará mais liberdade para a ação dos estados e municípios, algo, ao seu ver, bastante negativo.

“Esse programa Pontes para o futuro só pensa no futuro deles, porque para o trabalhador, é uma desgraça só. Vejam só, aprovado esse programa do PMDB de Cunha, não vai mais ter mais índice constitucional para saúde e para educação. Os Governos, Estados e Municípios vão gastar o que quiser com a saúde e educação. Isso é o grande plano de futuro do PMDB de Eduardo Cunha. Depois, o fim da indexação dos reajustes. Veja só que maldade no preparo contra os trabalhadores de modo geral. Reajustes, salários e benefícios da previdência, lá está dito claramente que a previdência não pode acompanhar os índices inflacionários. Não pode ter reajuste para equiparar, então pra piorar mais ainda, sobre a aposentadoria, eles defendem uma idade mínima de aposentadoria, além de abertamente defender a privatização. Não tiveram a coragem de colocar o nome da Petrobrás, mas José Serra que defende isso abertamente, aplaude esse programa do PMDB. Portanto, esse é o programa que embasa o golpe que querem implantar agora, provando apenas que esse golpe já estava em andamento antes da eleição”, disse.

Comente