- Publicidade -
Política

Processo da Calvário está com tramitação prejudicada devido ao desaparecimento de Daniel Gomes

Juiz determinou que o Ministério Público tem 10 dias para informar o endereço atual onde Daniel poderá ser citado

Um dos processos da Operação Calvário está com a “tramitação prejudicada” devido ao desaparecimento do delator Daniel Gomes, ex-dirigente da Cruz Vermelha do Brasil. Conforme ato do juiz da 5ª Vara Criminal, Giovanni Magalhães Porto, datado da última quarta-feira (8), já foram expedidas cartas precatórias para o Rio de Janeiro e Distrito Federal, e não há informações sobre ele.

- Continua depois da publicidade -

“Já foram expedidas precatória para o endereço informado na denúncia no Estado do Rio de Janeiro e com a notícia que o mesmo estaria preso, novamente para o Rio de Janeiro e finalmente para o Distrito Federal, onde foi informado que o mesmo havia sido recambiado, sem informação para qual local”, versa trecho do documento.

O juiz então determina que o Ministério Público tem 10 dias para informar o endereço atual onde Daniel poderá ser citado.

Confira documento

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar