- Publicidade -

Presidente eleito da FPF admite adiar início do Paraibano e Treze teme prejuízo financeiro

Ainda não ficou definido, mas um possível adiamento no início do Campeonato Paraibano, conforme foi ventilado nesta segunda-feira (15) pelo presidente eleito da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Amadeu Rodrigues, já começa a preocupar os dirigentes dos clubes de Campina Grande. O presidente do Treze, Bebeto Silva, disse que se a competição tiver que ser adiada, o clube já vai começar a temporada tendo prejuízo financeiro.

- Continua depois da publicidade -

“Eu não quero me envolver nessa discussão porque acredito que a Federação ainda vai tomar uma decisão final. No entanto, se realmente acontecer esse adiamento, vai ser muito ruim para a gente, do ponto de vista financeiro, isso porque temos os salários para serem pagos e um mês a mais sem jogos complica muito a arrecadação do clube’, disse o dirigente alvinegro.

Mesmo com a possibilidade de adiamento do início do Estadual, o elenco trezeano segue treinando normalmente, inclusive com horários dobrados e até nos finais de semana, para deixar o time pronto para a disputa do Paraibano. A diretoria ainda trabalha nos bastidores para viabilizar a chegada de outros dois atletas e, dessa forma, fechar um elenco com 25 jogadores sob o comando técnico de Éverton Goiano.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar