- Publicidade -
Esportes

Presidente do Botafogo-PB afirma que jogadores estão tristes com a torcida

Como esperado, o presidente do Botafogo-PB, Sérgio Meira, concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (10), na Maravilha do Contorno, para esclarecer alguns pontos que fazem com que, após três jogos sem vencer – sendo duas derrotas em sequência – e cair da segunda para a quarta colocação no Grupo A da Série C, o clube viva seu primeiro período de contestação na temporada.

- Continua depois da publicidade -

Apesar de estar retornando ao cargo após 15 dias de férias, o dirigente mostrou-se a par de tudo que acontece dentro e fora de campo. Apesar de ser o mandatário, ele fez questão de ir para a sala de imprensa acompanhado de outros membros da diretoria para demonstrar que há união dentro do clube.

O primeiro ponto tocado na sabatina foi a saída do preparador de goleiros Alex Lima, que aconteceu no início desta semana. Em suas redes sociais, o profissional mostrou-se triste com seu desligamento. Entretanto, segundo o presidente do Belo, a saída aconteceu por conta de dificuldades de relacionamento com o profissional com a comissão técnica e diretoria, mas que foi em comum acordo.

“Gostaria primeiro de enaltecer o trabalho dele, um profissional excelente, fez um trabalho maravilhoso com os goleiros, mas chegou ao ponto que houve dificuldade de relacionamento entre a comissão, com a diretoria e ele também. Ele está aqui só, a família está em outro estado, e vocês sabem que isso influencia. Chegamos a um acordo, ele já se desligou do clube, temos um novo treinador de goleiros, sem nenhuma turbulência”, disse.

Sobre a reação destemperada do goleiro Saulo, que tentou intimidar e xingou o comentarista Adriano Almeida, do Voz da Torcida, na entrevista coletiva do goleiro Evaristo Piza após a derrota do Botafogo-PB para o Sampaio Corrêa no último fim de semana, somado com outros bate-bocas do arqueiro com torcedores, Sérgio Meira disse que o clube repudia esse tipo de postura e, sem informar se alguma providência foi tomada, deu o caso como encerrado.

“A diretoria não concorda com esse tipo de confronto com o torcedor, que é muito complicado, quando você mexe com um, mexe com todos, e tem que ser assim mesmo, porque torcedor tem que estar unido para torcer. Sabemos que Saulo é um grande profissional, que dá o sangue pelo clube. Vocês veem que quando ele entra em campo, saia de perto porque ele está lá para jogar. A gente exige o respeito dele para com os torcedores e imprensa, como exigimos respeito da imprensa para com ele, como da torcida para diretoria e jogadores. As vezes tem uma pergunta capciosa, na visão dele, que vem lá de trás. Mas o Botafogo-PB não aprova o confronto com torcedor, com imprensa, e até ele mesmo já fez algum contato nas redes sociais se desculpando (com a página Belo Mil Grau, não com Adriano), e a gente tem que seguir em frente porque tem coisa mais importante para a gente se preocupar”, afirmou.

Outra polêmica extra-campo foi tratada pelo presidente botafoguense. Questionado sobre as declarações desastradas do vice-presidente Social, Antônio Navarro, que disse, em entrevista à Rádio Tabajara, que “o Botafogo-PB não tem torcedores e sim espectadores”, Sérgio Meira defendeu seu companheiro de diretoria dizendo que ele havia sido mal interpretado, e aproveitou para informar que pensa em fazer uma promoção para levar mais público ao estádio Almeidão.

“Antônio Navarro sempre participou de torcidas organizadas. A gente só tem a elogiar o trabalho que ele tem feito no Botafogo-PB. Ele já se desculpou dizendo que não era aquilo do que queria dizer. Ele não teve intenção, isso é outra coisa passada. A gente sempre cobra a torcida, sabemos que temos mais potencial para ter mais torcedores estarem presentes. Nós já fizemos promoções outras vezes, a gente vê que o público são os fiéis que estão sempre lá prestigiando. Quando é jogo grande, evidente que vem muita gente assistir, é natural. A gente pretende fazer uma promoção para atender o pedido da imprensa, estamos observando outros clubes fazer. A gente respeita o torcedor, que é quem sustenta o clube”, explicou.

Vindo de um tricampeonato estadual e um vice da Copa do Nordeste sob sua gestão, o dirigente vive o primeiro período mais conturbado na administração do clube, mas garantiu que estava preparado para este momento. Além disso, Sérgio afirmou que, apesar dos maus resultados recentes, não passa pela cabeça da diretoria a saída do treinador Evaristo Piza.

“O administrador sabe que não vai ser sempre vitória, sabe que vai ter dificuldades, dificuldades de relacionamento de grupos. A gente tem que enfrentar. Nós criamos uma crise, a diretoria, a imprensa, porque estamos no G4. Acendeu o sinal de alerta, vamos trabalhar. Nos reunimos com o Evaristo, perguntamos se havia algum problema de relacionamento no grupo, algum racha. Em nenhum momento chegou a ser cogitada (a saída do treinador). Estava viajando, liguei para Piza, disse que estamos juntos até o final. Por que o cara que trouxe o tricampeonato, o vice-campeonato do Nordeste chegando invicto na final, porque estamos nesses momentos de dificuldades, simplesmente vamos descartar? Não passa pela cabeça (a demissão após o jogo do Santa Cruz). Esperamos que no ano que vem ele esteja com a gente ainda”, garantiu.

Por fim, o presidente do Belo expôs que o grupo de jogadores está triste pela cobrança sofrida pela torcida no último fim de semana, mas que houve uma conversa com o elenco para que a resposta venha dentro de campo já no próximo fim de semana, quando vai enfrentar o Santa Cruz, no domingo (14), no estádio Arruda, em Recife.

“Eles vão responder domingo diante do Santa Cruz. A cobrança está muito grande. Eles estão tristes com a torcida. Eles estavam em terceiro lugar e foram vaiados no intervalo. A torcida do Botafogo-PB gritando “olé” contra. Tenho certeza que a resposta virá e a gente vai voltar a vibrar com o objetivo do acesso. O Botafogo-PB tem time, tem diretoria, treinador, comissão técnica, para recuperar e que essa turbulência seja breve”, concluiu. Informações do Voz da Torcida.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar