Presidente da Famup lamenta corte na Operação Carro-Pipa por parte do Governo Federal

O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) Tota Guedes, disse ser precoce decisão do Governo Federal, através da Operação Carro-Pipa, de cortar, em dois terços, os recursos para a distribuição de água, principalmente na zona rural, por ter chovido de forma considerável nas cidades.

Guedes disse que nem todos os municípios tiveram uma recarga considerável nos açudes e isso pode prejudicar ainda mais os que vivem em escassez hídrica.

“Há regiões que não choveu suficiente nem para aumentar em 10% o volume dos açudes. Nessas localidades, a seca ainda continua e não existe abastecimento de água na cidade a não ser o carro-pipa. Essa medida do governo federal foi extrema. Eles deveriam fazer um levantamento antes e ver quais as cidades que não choveu e aí sim diminuir o valor, mas cancelar todo de uma vez fica muito complicado. Tem cidades que vai ser penalizada”, lamentou. Com Paraíba Online e Rádio Campina FM.

Comente