Presidente da Câmara de CG desiste de realizar votação do empréstimo de portas fechadas

Marinaldo informou que a Câmara será aberta para a população e que será pedido reforço policial durante a sessão

O presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Marinaldo Cardoso (Republicanos), anunciou nesta segunda-feira (03) que desistiu de realizar a votação do empréstimo da prefeitura com as portas fechadas. A decisão foi tomada após a repercussão negativa do caso na cidade.

Marinaldo informou que a Câmara será aberta para a população e que será pedido reforço policial durante a sessão.

A votação será sobre o pedido do prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) de autorização da CMCG para contrair um empréstimo de US$ 52 milhões junto ao Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata).