Prefeitura é suspeita de superfaturar compras para combater Covid-19, na PB

Inquérito civil tem o objetivo de apurar se os preços praticados nas aquisição estão em consonância com os valores regulares de mercado

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou um inquérito civil público para apurar denúncia de suposto superfaturamento, por parte da Prefeitura de Salgado de São Félix, na compra de equipamentos de proteção individual durante a pandemia do novo coronavírus.

O inquérito civil tem o objetivo de apurar se os preços praticados pelo município nas aquisição de produtos para combate a pandemia causada pelo Covid-19, estão em consonância com os valores regulares de mercado.

A ação foi ajuizada pelo promotor de Justiça, Fernando Cordeiro Sátiro Júnior, e tramita na Promotoria de Justiça da Comarca de Itabaiana. A investigação foi autorizada e publicada no Diário Oficial do MPPB nesta terça-feira (17).

Comente