Prefeitura de Cabedelo promove união de 84 casais em Casamento Comunitário

Um dia para ficar na história de vida de 84 casais cabedelenses! Na data em que Cabedelo comemorou 63 anos – 12 de dezembro – a Prefeitura Municipal promoveu mais uma edição do Casamento Comunitário e oficializou a união civil de casais em situação de vulnerabilidade financeira. 

 

Organizado pela Secretaria de Assistência Social (Semas), na Fortaleza de Santa Catarina, o evento contou a cerimônia civil e uma celebração ecumênica presidida pelo juiz de Paz Henrique Jorge Jàcome de Figueiredo.

 

A programação contou, ainda, com um baile dançante animado pela banda D’Baille. Cada casal recebeu em sua mesa um kit com bolo; também foi servido um coffee break com salgados, docinhos e refrigerantes, para que todos pudessem aproveitar a noite ao lado de seus convidados. 

 

O prefeito Vitor Hugo compareceu à cerimônia ao lado da primeira dama do Município, Daniella Ronconi, e ao final da cerimônia fez um pronunciamento emocionado e voltado para os casais.

 

“Neste dia tão importante pra Cabedelo,pois estamos comemorando 63 anos de emancipação política, agradeço a Deus por ter permitido que eu estivesse aqui e, pelo segundo ano consecutivo, dando esse oportunidade de presente aos casais.  Eu fico muito feliz e honrado e tenho de comemorar isso junto com vocês. E lembrem-se: nos momentos mais difíceis da vida, ajoelhem-se, conversem com Deus, Ele é quem vai tirar a angústia do coração de cada um e reestruturar a família de vocês. Parabéns casais, parabéns Cabedelo” ressaltou Vitor.

 

A estrutura da festa contou com um ambiente especial com letreiro luminoso, mesas decoradas e um gigante bolo cenográfico – local onde os casais posaram para fotos.

 

“Essa segunda edição do casamento coletivo foi fantástica. Nosso sentimento é de alegria e gratidão, pois ver no olhar dos casais a felicidade de poder realizarem os sonhos é indescritível. E a data escolhida pelo prefeito para o evento foi perfeita – o aniversário da nossa cidade. Essa noite vai ficar marcada no coração de todos”, comentou Cynthia Cordeiro, secretária de Assistência Social. 

 

O casamento foi coletivo, mas cada história e emoção dos nubentes envolvidos eram únicas, algumas, inclusive, se destacam e ilustram o lindo conto de amor vivido na noite desta quinta-feira (12).  Em sua oratória, o juiz Henrique Jàcome destacou a importância do compromisso da sociedade para com o amor, primordialmente, na formação do núcleo familiar e, acima de tudo, respeitando a pluralidade e a diversidade dos casais. Ele protagonizou a mensagem mais significativa da cerimônia falando sobre a ligação afetiva que tem com Cabedelo e sobre a importância dos valores morais e da ciência, ética e do amor caminharem juntos dentro de um relacionamento.

 

“É com muita alegria que celebramos essa grande festa que faz com que surjam 84 novas famílias. Estou na comarca há um ano, substituindo Dr. Antônio Silveira, mas, nesse dia especial, quero declarar o amor que tenho por essa cidade, o povo dessa terra deve lutar sempre para que tenhamos uma cidade cada vez melhor. As famílias precisam, assim como na passagem bíblica, construir as casas na rocha e não na areia. Estamos aqui numa Fortaleza e isso também nos lembra que temos que formar um exército para enfrentar as intempéries e os males, como irresponsabilidade, ganância, egoísmo e corrupção. E temos que combater também toda cultura que desprestigia as famílias; e isso tudo começa quando passamos a entender o amor dentro das nossas casas para poder impregnar esse mundo com mais amor. As famílias que mal se reúnem ao redor de uma mesa e que vivem uma vida fantasiosa através do mundo virtual precisam  estar mais presente e entender que casamento representa compromisso de vida”.

 

Os jovens noivos Reginaldo Lima e Ruth Silva se conheceram há 3 anos, quando estudaram juntos. Eles vão residir no bairro Praia Formosa e a noiva comentou sobre a história do casal e a expectativa com o novo momento.

“Nossa história começou na escola e ainda somos estudantes ! Ele demorou para me conquistar mas mereceu meu sim. Esse momento vai ficar marcado pra gente e pra nossa família. Esperamos continuar em crescimento e buscando  conhecimento, procurando nos entender sempre. A cerimônia foi muito linda e muito significativa, pra gente que está focando em comprar coisas pra casa é importante participar de uma festa como essa, porque individualmente não tínhamos como arcar com as despesas”, afirmou a noiva Ruth.

 

Com mais experiência para contar, porém compartilhando emoção semelhante, o casal de idosos Ivan Bezerra e Maria da Penha Santana, estão se unindo oficialmente após 20 anos de relacionamento. Aos 76 anos, o corretor de imóveis aposentado narrou a sua satisfação com a experiência com Maria, de 52 anos.

“Sou Carioca e fui casado por 33 anos, fiquei viúvo e há 20 anos  conheci Maria aqui em Cabedelo. Lá no Rio eu tenho uma família com filhos e netos, e aqui eu ganhei outra família. Esse momento é para celebrar isso. A iniciativa da Prefeitura é excelente porque financeiramente é muito caro casar. Eu já havia procurado o cartório algumas vezes e senti na pele. Nem todo mundo tem dinheiro disponível para isso, foi quando Maria comentou do casamento comunitário e nos inscrevemos. A festa estava muito bonita, gravei tudo , foi bacana, inesquecível. Fiquei surpreso com a organização e o dinamismo da festa, mesmo com 84 casais. Achei que ia ser uma fila imensa para assinar os documentos, mas foi super rápido”, finalizou.

Comente