Prefeito teria feito esquema de locação de veículos sem uso público, na PB

Foto: Egberto Araújo

Irregularidades na locação de veículos pela Prefeitura de Tenório estão sob investigação do Ministério Público da Paraíba (MPPB). De acordo com a denúncia, há suspeita de pagamentos feitos por serviços nunca prestados.

De acordo com a portaria de instauração do inquérito civil, assinada pela promotora de Juazeirinho Gláucia Maria de Carvalho Xavier, a denúncia foi feita pelo vereador Thiago de Oliveira, que relatou suspeitas sobre o uso exorbitante de recursos públicos para a locação de um veículo FIAT, placa MNT 2E48, que teria custado à municipalidade a quantia de R$ 17.691,45 apenas no mês de dezembro de 2022, sem que houvesse prestação de serviços à administração pública.

A denúncia sugere que o veículo, atualmente locado na locadora Nossa Senhora de Fátima, pertencente a Edvaldo Gomes Araújo, nunca foi utilizado para fins públicos, apesar dos pagamentos realizados.

A Promotoria de Juazeirinho já havia solicitado informações ao prefeito de Tenório, Manoel Vasconcelos, que apresentou documentos relativos a Tomada de Preço nº 007/2021 e o Contrato Administrativo nº 027/2021, além de notas de empenho e comprovantes de pagamento que cobrem o período de abril de 2021 a dezembro de 2023.

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab