Prefeito de Mogeiro investigado por vereadores é alvo de ação do MPPB

Órgão solicitou ao presidente da Comissão Processante da Casa Legislativa que encaminhe a documentação atualizada sobre a apuração contra o gestor

O prefeito de Mogeiro, José Alberto Ferreira será investigado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) por possivelmente ter cometido atos de improbidade administrativa. As acusações que pesam contra o gestor da cidade já vem sendo apuradas por uma Comissão Processante, instaurada na Câmara Municipal de Mogeiro.

Entre as denúncias apresentadas contra José Alberto Ferreira, na Câmara Municipal, estão déficit de execução orçamentária e financeiro ao final do exercício, despesa de pessoal não empenhada, não recolhimento da contribuição previdenciária dos servidores municipais, não realização de processos licitatórios, duodécimo repassado parcelado em desacordo com a Constituição Federal, contratação ilegal de um servidor e transferência financeira sem o amparo legal.

O MPPB solicitou que o presidente da Comissão Processante, Airton José Avelino, encaminhe a documentação atualizada acerca da investigação que tramitou na Casa Legislativa do município.

A portaria que autoriza a investigação foi assinada pela promotora Justiça, Ana Carolina Coutinho Ramalho e publicada no Diário Oficial do MPPB, nessa quarta-feira (21). O inquérito terá duração de um ano.

Veja inquérito civil na íntegra