Prefeita de Matinhas teria falsificado documento público para remanejar recursos, afirma MP

O Ministério Público da Paraíba, através da Promotoria de Justiça Regional da Comarca de Campina Grande, abriu inquérito para investigar a prefeita de Matinhas, Maria Fátima da Silva (PSD).

De acordo com o promotor Alyrio Batista de Souza Segundo, responsável pelo caso, a gestora teria falsificado documento público para conseguir a abertura de créditos suplementares acima do autorizado legalmente.

Se comprovada a materialidade da conduta ilícita, a Maria Fátima responderá pelo artigo 312 do Código Penal, que versa sobre a apropriação por agentes públicos de recursos públicos.

Confira:

[pdf-embedder url=”https://paraibaja.com.br/wp-content/uploads/2019/12/001.2018.005372-002.2017.004111-Portaria-2019-0001388011.pdf”]

Comente